Kit - Livros Teológicos

Estoque: 5

/ 5

Produtos do kit

  • Crítica Histórica da Bíblia

    Ref: LIV1328
    1 unidade
Ver todos os produtos do kit
Simulador de Frete
- Simulador de Frete

A crítica bíblica em julgamento:

Um desafio aos que têm esvaziado o testemunho cristão na igreja e na sociedade A batalha pela fé entregue aos santos contra a crítica bíblica, institucionalizada na teologia histórico-crítica ou – como erroneamente ela própria se caracteriza – método histórico-crítico ou teologia científica. Um desafio nas áreas teológica e documentária à hegemonia acadêmica que, a partir dos círculos intelectuais, têm esvaziado o testemunho cristão na igreja e na sociedade. “Imagine voar para uma ilha que não existe num avião que ainda não foi inventado. Mesmo se essa viagem impossível acontecesse no décimo terceiro mês do ano, ela não seria tão fantástica quanto a famosa fábula do Evangelho perdido de Q e a igreja primitiva, a qual foi recentemente batizada como verdade científica por alguns estudiosos do Novo Testamento.” “As fontes antigas não nos oferecem ao menos uma ligeira insinuação que uma fonte como essa sequer existiu. Entre os primeiros Pais da Igreja, não há nem mesmo um rumor a respeito de um Evangelho perdido. As informações mais antigas sobre os Evangelhos de Mateus e Marcos são fornecidas por Papias (c. 110 d.C.), que declara que Mateus compilou ... os oráculos... em dialeto hebraico (ou aramaico).”

Eta Linnemann, professora e doutora, está aposentada, mas continua a escrever e ensinar por todo o mundo

Informações adicionais:

Autora: Eta Linnemann

Páginas: 192


Crítica histórica da bíblia:

Na comunidade acadêmica, os resultados confirmados da investigação científica são considerados a pedra de toque da inquirição intelectual. De fato, a sociedade tem respeitado largamente todas as reivindicações oferecidas com a rubrica "ciência". Como uma "teologia científica", o método histórico crítico dominou o campo do criticismo bíblico na Alemanha e despontou em seminários e universidades ao redor do mundo.

Eta Linnemann desafia a raiz da pressuposição da teologia científica, o reivindicar ser "científica". Ela descobre que "o que não é percebido é que muitos desses 'resultados' não são nada mais do que hipóteses sem provas propaladas como fatos".

O livro examina e refuta uma variedade de reivindicações e questões, que incluem:

Havia uma fonte ou um documento "Q" da qual os evangelhos sinóticos foram copiados?
Paulo escreveu todas as epístolas atribuídas a ele?
Quanta credibilidade os cristãos devem dar às "provas" de que vários livros do Novo Testamento foram escritos após a morte dos apóstolos?
Por que há tanta diferença entre o vocabulário do Novo Testamento e a estrutura gramatical?
Eta Linnemann oferece importantes desafios aos que, dentro da iniciativa acadêmica, buscam ser fiéis intérpretes da Palavra de Deus.

Eta Linnemann, professora e doutora, está aposentada, mas continua a escrever e ensinar por todo o mundo.

Informações adicionais:

Autora: Eta Linnemann

Páginas: 208

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.